TIM já está preparada para cumprir exigências da Anatel



TIM já está preparada para cumprir exigências da Anatel

Operadora móvel orientou força de vendas sobre a suspensão da comercialização de novos chips; Clientes, porém, podem utilizar as lojas para uma série de outros serviços

Rio de Janeiro, 23 de julho de 2012 – Em cumprimento à determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a TIM comunicou e instruiu toda equipe de vendas (direta e indireta) em dezoito Estados e no Distrito Federal sobre a suspensão da habilitação de novas linhas e serviços de dados a partir desta segunda-feira. A empresa também customizou seus sistemas de tecnologia para garantir que nenhuma ativação seja realizada, mesmo em algum eventual caso em que o chip seja comercializado por uma revenda indireta (exemplo: bancas de jornais, entre outros estabelecimentos).

A medida restritiva é válida para todos pontos de vendas da TIM nos seguintes Estados: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Tocantins.

As lojas próprias e de parceiros da TIM também não poderão oferecer, temporariamente, aos clientes os seguintes serviços: portabilidade, mudança de área de registro (troca de DDD) e transferência de titularidade. A operadora ressalta que todos os demais serviços prestados para a base atual de clientes, que não caracterizarem uma nova ativação e que não tenham alteração no número da linha, estão liberados.

“A TIM cumprirá o que foi determinado pela Agência Reguladora. As lojas permanecerão abertas normalmente para que os clientes possam ter acesso a diversos serviços e facilidades, como compra ou troca de aparelhos. Todo o sistema utilizado para novas ativações foi atualizado e está bloqueado para a realização de habilitação de novos chips. A TIM recomenda que os consumidores não adquiram chips nos estados em que a medida da Anatel está em vigor, mesmo que encontrem no mercado, em função da grande capilaridade da empresa, pois temos mais de 300 mil pontos de venda. No entanto, é importante ressaltar que em São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Sergipe, Mato Grosso do Sul e Amazonas, a TIM vai continuar comercializando normalmente seus serviços tanto para novos clientes quanto para os atuais”, diz Lorenzo Lindner, Diretor Nacional de Operações da TIM Brasil.

Advertisement

No comments.

Leave a Reply